BLOG DO RONY CURVELO

Espero que todos os que acessem este blog e demonstrem interesses pelos artigos aqui escritos, possam contribuir com suas opiniões e observações.

Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 20 de março de 2010

LULA LÁ NAO É LULA AQUI

PUBLIQUEI ESTE ARTIGO NO DIA 5 DE AGOSTO DE 2009 E AGORA VEJO NOS JORNAIS E REVISTAS O MESMO CONCEITO DO MEU COMENTÁRIO SENDO REPETIDO.
PORTANTO, DECIDI REPUBLICAR PARA QUE OS QUE NÃO TIVERAM A OPORTUNIDADE DE LER ANTES FAÇAM AGORA.

Quando Lula tomou posse e se deu conta de que ser governo, era totalmente diferente de se fazer oposição, muitas das suas convicções e posições foram se moldando e modificando com cada tapa de realidade que recebia. O Brasil amadurecido, jamais deixaria que as idéias atrasadas e fora de época, que ele e seus fiéis seguidores, muitos dos quais estão ai no governo, tomassem conta do Brasil. Já imaginou sermos obrigados a passar o que hoje a Venezuela passa? E olha que a Venezuela já foi considerada o melhor exemplo de democracia da America Latina. Hoje, coitados! Estão entregues nas mãos de um louco, descontrolado, desagregador e por que não dizer também, perigoso.
O Lula não pôde implementar durante o seu governo as idéias esquerdistas, pouco democráticas e com víeis ditatorial, que ainda irrigam suas veias, por que o povo brasileiro mudou e sentiu os benefícios de um pais livre, soberano, movido pela liberdade da economia. Viu e gostou de ter acesso ao que havia de melhor no mundo, desde computadores modernos à comida de qualidade e especiarias, ficou competitivo no mercado internacional, a moeda se fortaleceu, a inflação se controlou e o povo passou a gozar de relativa paz e harmonia.
Com este quadro não havia, como não há, espaço para idéias sem nexo. Lula soube desviar os seus rancores e frustrações, por não implementar no Brasil uma ditadura de esquerda, e canalizou a energia para manter a estabilidade alcançada na econômia. Preferiu assim optar pelo lógico: time que se ganha não se mexe. Deu certo! O Presidente tinha que ter uma válvula de escape, depois de tanto reprimir seus pensamentos e instintos. Já que era muito difícil colocar em prática suas idéias, em solo verde e amarelo, partiu para atuar no exterior e lá esbaldar-se.
Sabe-se que o Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, é um vermelhão e adoraria ser o ministro das relações exteriores de Chávez- O Louco. Marcos Garcia, vulgo Marcos Top-Top, com certeza teria múltiplos orgasmos se fosse chamado para comandar uma tropa de assassinos de Fidel Castro e por ai vai. Com esta dupla comandando as posições do Brasil mundo afora, vejamos algumas das suas estripulias.
1. Aproximaram o Brasil do Irã. Fomos na contra mão do planeta. Quando todos os países condenaram as eleições fraudulentas que elegeram Mahmoud Ahmadinejad, Lula deu apoio.
2. Falar de Cuba é até brincadeira. Enquanto Amorim e Garcia se lambem ao ouvirem falar de Castro, se coçam ao comentar sobre a ditadura no Brasil. Como se houvesse diferença entre ditaduras de esquerda ou direita. Como se os 336 desaparecidos no Brasil, valessem mais do que os 11.400 que morreram tentando escapar do regime de Castro, sem falar dos fuzilados, torturados, reprimidos, presos e assassinados. Hoje, agosto de 2009, não há nenhum preso da época da ditadura no Brasil, já em Cuba ainda restam 50, entre eles 27 jornalistas.
3. Lula se abraça e troca afagos com o ditador do Sudão, Omar Hasan al Bachir, auspíciado, apoiado, incentivado por nosso sempre disposto comunista de carteirinha Celso Amorim. Mesmo sabendo que ele está sendo acusado e será julgado por crimes de genocídio.
4. Como se fosse pouco, os aloprados de esquerda promovem um jogo chamado de: Jogo da Paz, em território palestino. Estranha-se que se faça um jogo para promover a paz, apenas com um dos lados. No local onde poderá ser realizado, os judeus não podem entrar. Então, dever-se-ia chamar de Jogo de Apoio à causa Palestina, pelo menos seria mais honesto e menos escamoteado. E não seria a primeira vez que Lula, através do seu PT se associaria a terroristas. O PT, Cuba, Chavez são membros do Foro de São Paulo compartindo assento com nada mais e nada menos do que as FARCS da Colômbia. (Na segunda semana de agosto, depois de receber muitas criticas, o tal jogo foi cancelado)
5. “Nunca na historia deste país”, como diz o Lula, vimos tanta troca de gentilezas, digna das simbioses carnais, entre os três parceiros, Lula, Amorim e Garcia com Chávez- O Louco. Mesmo sabendo que o venezuelano fornece armas (lançadores de foguetes AT-4) para o grupo terrorista narcotraficantes das FARCs, mesmo sabendo que Chávez- O louco, praticamente já fechou quase todos os meios de comunicação privado do país e o único que ainda resiste está proibido de fazer críticas e se desobedecer, será fechado. Mesmo sabendo que o descomposturado presidente Venezuelano está armando-se até os dentes e que planeja uma Guerra para implementar suas idéias malucas, nossos desconcertados e juvenis Amorim e Garcia adoram a idéia. Não se pode negar, no entanto, que Chávez é maquiavélico e encontra ressonância nos seus fãs brasileiros. Ao ver-se encurralado para explicar como as armas compradas a Suécia foram parar nas mãos dos terroristas-narcotraficantes das Farc, fez-se de vitíma e paralisou as relações diplomáticas entre Bogotá e a Venezuela.
6. Os três parceiros do Brasil, ainda esquecem que Chávez- O Louco, colocou à disposição das forças armadas russas os portos e aeroportos venezuelanos, sem falar nas manobras que poderão realizar próximo às fronteiras do Brasil. Para todo o acima exposto Amorim disse que “entendia as preocupações de Chavez” e que, pasmem, diminuiu o fato de terem encontrado armas da Venezuela em poder das Farcs dizendo: “ é apenas um episódio, não sei quando ocorreu e se ocorreu. É uma coisa desse tamanhinho”. Como pode-se ver as ações internas do governo Lula, que mantém uma economia estável, liberdade de ir e vir nos padrões de comportamento aceitáveis no mundo moderno, são completamente antagônicas com a política que o três parceiros esquerdistas aplicam no exterior ao aliar-se aos delinqüentes e assassinos internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário