BLOG DO RONY CURVELO

Espero que todos os que acessem este blog e demonstrem interesses pelos artigos aqui escritos, possam contribuir com suas opiniões e observações.

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 8 de novembro de 2009

Muro de Berlim

Hoje se comemora o vigésimo aniversario da queda do muro da vergonha, conhecido como o Muro de Berlim. São tantas as historias e tantas informações, que confesso foi difícil enumerar alguns fatos para contar a vocês.

Com o fim da segunda guerra mundial e a nova ordem geopolítica do planeta, o mundo foi dividido entre os países vencedores do ocidente: Estados Unidos, França e Inglaterra de um lado, a União Soviética e a China do outro lado. Começavam ai as disputas ideológicas estéreis, criando-se a cortina de ferro, que separava os dois mundos. A União Soviética e a China iriam colocar em prática o comunismo e os países ocidentais o capitalismo. Mais ou menos como um laboratório e competição para ver quem ganha ao longo das décadas.

Logo no inicio o governo soviético viu-se forçado a construir um muro na Europa com 165 quilômetros de extensão, já que mais de três milhões de pessoas no primeiro ano fugiram para o lado ocidental.

Quinze anos depois do fim da segunda guerra mundial, em 1961, iniciou-se a construção do muro, dividindo a Europa. Com a desconfiança crescendo deu-se inicio a guerra fria.

O comunismo hoje em dia apenas sobrevive numa ilha do caribe, Cuba e na metade de uma península asiática, Coréia do Norte. A china apesar de não ser democrática e manter seus cidadãos baixo a custódia do regime, aderiu ao capitalismo e está modernizando-se.

O comunismo é o empobrecimento das pessoas, e em todos os países que foi testado e imposto ao seu povo, jamais foi possível entregar o que prometeram: uma vida melhor.

Muitos se perguntam, por que os regimes totalitários, como o comunista, prendem as pessoas aos seus territórios, proibindo suas viagens, seu direito de ir e vir, sua liberdade como humano, tiram o sagrado direito de ser informado. Ora, respondo. Se assim não for, o país fica vazio e sem gente não há Estado.

Mikhail Gorbatchev, último presidente e líder maior da união soviética, responsável pelo fim da guerra fria e da derrubada do muro de Berlim disse este final de semana:

O comunismo é o modelo fracassado de uma economia centralizada.

Digo eu: Viva, portanto, o seu fim!

Um comentário:

  1. Melhor definição de comunismo que já vi: "O comunismo é o empobrecimento das pessoas, e em todos os países que foi testado e imposto ao seu povo, jamais foi possível entregar o que prometeram: uma vida melhor." Será que, um dia, algum professor irá utiliza-la nas escolas? Difícil, pois desde pequenos aprendemos que o comunismo é a solução perfeita para todos os problemas do mundo. Aliás, caro Rony, já pensou em escrever sobre educação? como os professores influenciam os alunos nos mais variados níveis de ensino com sua ideias socialistas-petistas-castristas e cia????

    ResponderExcluir